Projetos de pesquisa

Ensino de Língua Inglesa na Educação Básica: um estudo complexo das práticas pedagógicas de professores no ensino remoto.

          A proposição desta pesquisa decorre do momento atual que vivenciamos devido à pandemia do covid19 que ocasionou algumas mudanças, em particular, na educação básica. Ao longo dos anos, a prática pedagógica de professores tem sido objeto de investigação no sentido de buscar respostas que justificassem a eficácia ou não do ensino de inglês na escola pública. Em se tratando de planejamento do ensino da língua adicional (LAd), Almeida Filho (2017) ressalta a importância de avaliar com cuidado a situação de ensino que o professor deverá assumir. Ainda, segundo o autor, há de se considerar a abordagem ou filosofia que irá reger o processo e este é um dos aspectos que tem sido abordado em torno da prática pedagógica de professores de inglês na educação básica (COX; ASSIS-PETERSON, 2007). Entretanto, não queremos reforçar o discurso já conhecido de que na escola pública não se ensina e nem se aprende inglês, pois, crenças como esta têm sido construídas em torno da premissa do ensino-aprendizagem de uma língua que parece não ter identidade neste contexto (SIQUEIRA; ANJO, 2011). Contudo, algumas ações têm colaborado para mudar crenças tais como escola pública não é lugar de aprendizagem (BARCELOS, 2006).

  Esta mudança pode resultar no reconhecimento de um processo de profissionalização há tempos questionado e que ainda se encontra marginalizado e estagnado em uma bacia atratora. Contudo, esta possível reorganização da prática pedagógica dos professores de inglês prevê um conjunto de ações que, se articuladas com o empenho e comprometimento dos sujeitos envolvidos no processo, talvez, seja possível alcançarmos os resultados esperados. Desta forma, devemos pensar o contexto educacional como um continuum que se constrói a partir de ações baseadas em discursos articulados que podem transformar a vida dos sujeitos. Estes, por sua vez, precisam compreender o percurso de sua própria formação de modo que possam construir um pensamento voltado para a criticidade em torno da problemática. Assim, por meio deste projeto de pesquisa pretendemos atuar, primeiramente, no sentido de compreender a trajetória da (re)configuração das práticas pedagógicas de professores de inglês na educação básica. A partir desta compreensão pretendemos dialogar com as ações do estágio supervisionado, disciplina curricular obrigatória do projeto pedagógico do curso (PPC) para que possamos envolver e orientar os licenciandos na tentativa de prepará-los para a própria compreensão do saber docente e da constituição dessa identidade.

Coordenação: Professora Dra. Kelly Gaignoux

TEACHER +: OBJETOS DIGITAIS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA

Este projeto de pesquisa tem como base inicial a observação do acelerado desenvolvimento das novas tecnologias digitais de informação e comunicação – NTDIC e como isto vem revolucionando a nossa vida cotidiana. Uma sociedade emerge, mais instruída, com novas maneiras de pensar e de interagir. Nesse sentido, surge a reflexão sobre qual o papel das NTDIC na educação básica de nosso país. Atualmente, a interação com o conhecimento e com as informações acontece de formas plurais. Emergem, então, uma série de questionamentos, a partir das reflexões:

(1) Quais Objetos Digitais de Aprendizagem estão sendo utilizados?
(2) A escola está preparada, em termos de infraestrutura?
(3) O professore(a) está capacitado para utilizar as NTDIC?
(4) Os alunos(as) e a comunidade escolar como um todo reagirão de maneira positiva ao uso das NTDIC?

É imprescindível levar em consideração novos ambientes de aprendizagem baseados em tecnologias emergentes, bem como a construção de objetos digitais (ODA) e a formação de professores. Deste modo, torna-se de importante a utilização de metodologias e de artefatos digitais que possam favorecer a integração das NTDIC nos processos de ensino-aprendizagem de língua inglesa nas escolas básicas, de modo que essa integração contribua, realmente, para a formação integral do aluno, contornando as eventuais distorções que podem decorrer de usos inadequados dessas tecnologias. Portanto, este projeto visa investigar e categorizar, junto às escolas e aos professore(as) quais ODA estão sendo utilizados e de que forma está sendo feita a utilização dos mesmos. A partir da coleta de dados pretende-se criar um repositório para atender as demandas dos docentes de Língua Inglesa do ensino básico da rede pública de Bragança.

Coordenação: Professora Me. Karina Figueiredo Gaya

Alunos envolvidos: Graduação (4)

Bolsistas: Fabiana Pereira de Sousa, Luana Maria Silva de Oliveira, Maria Elinaria Rodrigues da Silva, Wevelly Thaissa Ribeiro Perotes.

CRENAC – Configurações de Resistências em Narrativas Anglófonas

            O projeto de pesquisa propõe investigar, em textos narrativos ficcionais pertencentes a Literatura Anglófona (literatura escrita em língua inglesa) a presença da categoria Resistência, que Bosi (2009), Harlow (1997), Rocha (2014), Sarmento-Pantoja (2015, 2013, 2010) definem como uma categoria que rompe com as máscaras espessas da realidade e dá voz ao que é condenado à veleidade pela máquina social, escrita independentemente de qualquer cultura política e militante e que a torna resistente não somente enquanto tema, mas também enquanto escrita. O objetivo dessa investigação é ampliar o escopo acerca do que sabemos sobre a Resistência a partir do contato com narrativas ficcionais anglófonas do século XX e XXI. Esse contato revela manifestações de resistência relacionadas a aspectos culturais, sociais, religiosos ligados ou não a tradições historicamente construídas. A Literatura Anglófona compreende todo o texto literário escrito em Língua Inglesa, logo, esta foi por muito tempo representada por textos ingleses ou norte-americanos. Textos literários provenientes de outros países anglófonos só começaram a ganhar notoriedade recentemente e refletem, em alguns casos, o estado de colônia britânica pelo qual o país de origem passou.

Coordenação: Profa. Dra. Ana Lilia Carvalho Rocha

Outros integrantes: Prof. Dr. Francisco Pereira Smith Junior (IENCI/UFPA); Profa. Me.
Larissa Fontinele de Alencar (Doutoranda PPGL/UFPA).

Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (1) .

ET-MULTI – Estudos da Tradução: multifaces e multisemioses

            É um projeto de pesquisa destinado ao prosseguimento do trabalho de sensibilização do campo dos Estudos da Tradução que tem sido realizado nos campi de Bragança e Capanema e a dar continuidade às pesquisas e produções científicas vinculadas ao Projeto RESGETE (revisitando saberes linguísticos sob a perspectiva do gênero e da Tradução de Especialidade) que atualmente se desenvolve de forma interligada ao Grupo de pesquisa NET – Núcleo de Estudos da Tradução.

Coordenação: Profa. Dra. Silvia Helena Benchimol Barros

Outros integrantes: Prof. Dr. Ewerton Gleison Lopes Branco (UFPA/Bragança) e Prof. Me. Marcus Alexandre Carvalho de Souza (UFPA/Bragança).

Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .

Skip to content